Um espaço de ideias e partilha para todos os que amam o mar.

Terça-feira, 3 de Junho de 2014
20 Itens a verificar antes de sair – Parte I

Antes de sairmos devemos garantir que alguns itens básicos estão a bordo para evitarmos surpresas desagradáveis: Documentos da embarcação: Não importa a duração ou a extensão do passeio, devemos sempre ter a bordo o Livrete da Embarcação (com vistoria em dia); a Apólice de Seguro de Responsabilidade Civil de Danos a Terceiros; o Selo (comprovativo de pagamento do imposto sobre veículos); a Taxa de Farolagem e a Licença de Estação (se tivermos VHF); Cartas náuticas – Não devemos confiar só no seu conhecimento que temos da região ou no GPS, porque ambos podem falhar. Por isso, tenha sempre a bordo a carta náutica de papel da região; Documentos pessoais: A nível de documentação pessoal, é obrigatório: a Carta de Navegador de Recreio; Certificado de Operador Radiotelefonista; Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão; Instrumentos de navegação: Tenha, pelo menos, um GPS, uma bússola (porque o GPS pode deixar de funcionar) e uma sonda para verificação da profundidade; Rádio VHF:É obrigatório apenas para algumas embarcações, mas o bom senso recomenda ter um a bordo de qualquer lancha ou veleiro; Combustível em excesso: Nunca devemos sair sem verificar o nível dos tanques e devemos calcular, com bastante folga, de quantos litros iremos precisar, em função da distância que pretendemos percorrer. Mas lembre-se de que quanto mais peso a bordo ou mais agitada estiver a água, maior será o consumo. Por segurança, adote a seguinte regra: 1/3 de combustível para ir, 1/3 para voltar e 1/3 de reserva; Radar: É indispensável para navegar à noite ou sob baixa visibilidade, porque, afinal, os barcos não têm faróis para iluminar o caminho. Refletor de radar: Pelo mesmo motivo, convém termos um refletor de radar, que indicará a sua existência no radar de outros barcos que estejam por perto. Instale um de alumínio e no local mais alto possível da embarcação; Cabos: Além de uma boa quantidade de cabos para ancoragens e atracações, leve também um cabo extra, para improvisar em caso de emergência (ex. reboque); Carga nas baterias:
O funcionamento de tudo o que é essencial na embarcação depende de energia: rádio, equipamentos eletrônicos, luzes de navegação e especialmente o arranque do motor. Portanto, sairmos para o mar com pouca bateria ou com uma bateria com problemas de carga é muito perigoso.

Molinetes - Um dispositivo mecânico ou elétrico usado para aumentar a capacidade de puxar um cabo.


tags:

publicado por cartasdemarear às 13:52
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

16
18
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

20 Itens a verificar ante...

arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

tags

água

âncora; ferro

anti vegetativa

astrolábio

bandeira nacional

bomba

bordo

bússola

cartografia

casco

casco;naútica

desidratação

diário

documentação

embarcação; proa; vante

enjoo

erros

fibra de vidro

gasolina; diesel; bombordo

gps

hélice

lavagem

leme

madeira

madeira; metal; fibra.

mandamentos

mar; febre

mofo

molinetes

noite

nós

pintura

popa; ré

resiliência

resina

sereias

size matters

superstições

vela; motor

zinco

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub